domingo, 28 de julho de 2013

366 - A primeira ida à biblioteca

O texto abaixo tirado daqui teve o mérito de me pôr a pensar...Quantos de nós levam os seus filhos, netos, sobrinhos a uma biblioteca? e se  o fazem como é essa ida? Será que ela é preparada fazendo dessa ida uma ocasião pedagógica?

hum...

---

Como transformar a ida à biblioteca em um passeio inesquecível?

Saiba aproveitar a ida à biblioteca, despertando a curiosidade natural do seu filho por livros, seja qual for a idade


Educar
Foto: Claudia Marianno
Foto: Biblioteca
Deixe seu filho tocar e escolher os livros na biblioteca

Quanto mais cedo melhor. A primeira biblioteca que Loretto conheceu foi a da sua escola, a EMEF Desembargador Amorim Lima, em São Paulo. "Ele ficou encantado", postou a mãe, Marcia Carini, no You Tube, sobre a experiência do ano passado. Por sinal, o vídeo com o depoimento de Loretto é de enorme popularidade. Pudera. Entre outros comentários, o menino de oito anos, aluno do 2º ano do Fundamental I, assombra ao confessar que "... adoro livro velho... Livro é muito fascinante, é a coisa que a gente mais aprende na vida!".

A paixão de Loretto vem de berço, melhor, de peito: em outro "post", Marcia revela o hábito de ler, em voz alta, textos de Simone de Beauvoir enquanto amamentava o filho. Um luxo. Mas o fascínio de uma criança pelo mundo dos livros pode ser estimulado de inúmeras maneiras - desde a primeira ida à biblioteca ao lado dos pais, por exemplo. Visita que pode transmitir a ideia de ser a biblioteca um ambiente vinculado ao prazer - e não apenas ao estudo.

A seguir, dicas de como os pais podem tornar inesquecível a ida à biblioteca ao lado dos filhos, independentemente da idade.