quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

397 - Novos tempos requerem novas competências

Confesso que o episódio que me ocorreu hoje ao comprar esta revista num quiosque me deixou a pensar o resto do dia (e alegre também dada a sequência dos acontecimentos e a naturalidade com que se deram).

Contexto:
Passo pelo quiosque e vejo a capa da revista, interessou-me, pego nela e preparo-me para a pagar.

A vendedora, olhando para o "maduro" que compra a revista fica curiosa com a capa da mesma e lê as gordas...

Interessa-se pela palavra "engajadores"

Pronuncia-a alto "Engajadores?" pensa que está mal escrito ou que não existe a palavra.

Riposto que sim, explico-lhe num português rápido que significa: "arranjar gajos para trabalhar"

A conversa termina com a seguinte resposta por parte da vendedora: "tenho de ir ao telemóvel ver a palavra no google"
---
Pois... vivemos mesmo outros tempos. A escola é que parece não ter entendido e a política centra-a na memorização sem sentido e num saber cada vez mais livresco!

Num dia de exame de professores, importa perguntar: para que queremos nós professores (e já agora, bibliotecas!)