terça-feira, 25 de novembro de 2014

456 - Encontro de escolas participantes no projeto: "todos juntos podemos ler"

Todos juntos podemos ler
Perante a crescente inclusão de alunos com necessidades educativas especiais nas escolas do ensino regular, as bibliotecas escolares veem-se, hoje, confrontadas com a imprescindibilidade de responder a uma população escolar com competências diversas e que requer, em muitas situações, meios tecnológicos diferenciados de acesso à leitura.
A Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Leitura e a Direção de Serviços da Educação Especial e Apoios Sócioeducativos conceberam um projeto conjunto denominado Todos Juntos Podemos Ler, que tem como principal objetivo a criação de bibliotecas inclusivas, capazes de proporcionar oportunidades de leitura para todos os alunos.

Criar bibliotecas escolares inclusivas, que assegurem reais oportunidades de leitura para todos os alunos, é talvez um dos maiores desafios colocados às bibliotecas, que se devem assumir como espaço de excelência para o desenvolvimento da literacia e como garante da igualdade de oportunidades quer em contexto sóciocultural, quer em situação de aprendizagem.

No passado dia 24  de setembro, realizou-se na Escola Secundária Eça de Queirós em Lisboa um encontro de escolas participantes neste projeto. Foi um dia muito enriquecedor, onde se partilharam práticas de inclusão e de verdadeiro trabalho educativo no sentido de promover a inclusão e o respeito pela diferença, procurando ainda fazer leitores. 

Aqui ficam algumas fotos do evento, sendo que nele participaram, apresentando as suas práticas, os seguintes Agrupamentos de Escolas: AE nº 1 de Beja, AE de Aljustrel, AE nº3 de Elvas, AE Damião de Goes, AE Sudoeste de Odivelas, AE Ferreira de Castro, AE António GEdeão, AE da Boa água, AE Rafael Bordalo Pinheiro e AE José Cardoso Pires.    








.