terça-feira, 4 de abril de 2017

527 - Inauguração da Biblioteca Escolar na EB1 Cata-vento da Paz em Almada

Hoje viveu-se um momento de festa em Almada: foi inaugurada uma nova Biblioteca Escolar (a 50ª no concelho) na EB1 dos cata ventos da paz do Agrupamento de Escolas Emídio Navarro.    

No contexto da sociedade atual, uma biblioteca escolar tem um papel central no sentido de promover nos alunos a aquisição de competências ao nível da leitura e das literacias, para a formação de cidadãos críticos e autónomos e para a melhoria das aprendizagens em geral.

Acresce-se ainda, como desafio e função para a biblioteca escolar, a recente publicação da resolução do conselho de ministros n.º 48-0/2017 que aprova as linhas orientadoras do Plano Nacional de Leitura http://data.dre.pt/eli/resolconsmin/48-d12017/03/31/p/dre/pt/html no qual se refere que importa:
a)      Criar um vasto compromisso social em torno da promoção da leitura como prioridade política, tendo em vista o desenvolvimento da líteracia e o reforço dos hábitos de leitura na população;
b)      Lançar programas dirigidos a crianças, jovens e adultos, que visem promover o desenvolvimento de literacias múltiplas, designadamente, a da leitura e escrita, a digital: da informação visual, científica e tecnológica, de forma a preparar a população Portuguesa para as exigências da sociedade do Século XXI;
f)  Promover as relações entre a leitura, a literatura, as artes, as ciências e a tecnologia e fomentar a cultura científica, tecnológica e artística, em colaboração com instituições de ciência e de cultura;
Se adicionarmos ainda a ideia de que hoje, a biblioteca não se confina a um espaço físico nem a recursos físicos, mas se prolonga no espaço e no tempo através de recursos virtuais que deverão encontrar-se devidamente seleccionados e organizados e estar disponíveis 24 sobre 24 horas por dia ficamos com ideias bem claras sobre o acerto e a importância de se equiparem as escolas com bibliotecas Escolares, para mais, existindo em Portugal a figura do(a) professor(a) bibliotecário(a) que é um profissional duplamente qualificado, quer em competências de ensino numa sua área disciplinar específica, quer especializando-se em competências de gestão da informação, da leituras de gestão de bibliotecas.

Longa vida às bibliotecas Escolares que contribuam para que se alcancem os objectivos acima.