terça-feira, 5 de agosto de 2014

440 - 9 coisas a não publicar no Facebook

Obviamente que há muito mais, mas não alteraremos um texto que "caçámos" na revista Ativa neste link  

---

9 coisas a não publicar no Facebook

Informações pessoais e contactos são as alíneas óbvias, mas há muito mais que não deve mostrar ao mundo. Pronta para um curso de etiqueta on-line? Ora bem, o que não deve postar: 

Catarina Fonseca
22 Julho 2014, 

- Autopromoção nas páginas dos outros, mesmo que sejam muito vossos amigos. Se tiverem uma fantástica loja/lançamento/novidade, divulguem no vosso espaço. Depois quem quiser vai lá e rouba.

- Fotos de outras pessoas onde elas estão feias, bêbedas ou desdentadas. Aliás, evite pôr fotos de outras pessoas em geral se não tiver a permissão delas, mas então se estão todas pior que mal, tenha senso comum. Sim, é uma foto de grupo, mas convém ter um bocado em atenção as figuras dos outros, mesmo que na altura se tenham rido todos imenso e mesmo que estejam todos comparativamente mal. Fotos suas feia, bêbeda e desdentada pode pôr à vontade (enfim, quem acarreta com as consequências é você). Não faça aos outros o que não gosta que lhe façam a si. Se ninguém ficou giro nas fotos, não poste. Nem para mostrar como foi bonita a festa. Diga que a máquina/ipad/telemóvel avariou. Ou diga isso mesmo: que ficaram mesmo mal.

- Convites para jogar jogos a pessoas que já sabe perfeitamente que não jogam coisa nenhuma. Parece uma lei básica mas há quem nunca perca a esperança. Não só não vale a pena como vai ter uma data de gente enfurecida contra si (são as pequenas coisas que mais enfurecem os outros).
- Fotos dos seus filhos em pequeninos se eles forem seus ‘amigos’, principalmente aquelas em que eles estão babados, desdentados e arregalados, no meio da maior birra, todos sujos de sopa ou depois de terem acordado da sesta. Você até pode achar o cúmulo da fofice mas lembre-se que eles vão ser gozados pelos amigos. Não faça aos outros etc, mesmo que os outros sejam seus filhos.

- Assuntos privados. "Olha lá, ó Maria Amélia, queres almoçar comigo hoje para dizermos mal da sogra à vontade?" Para isso é que há mensagens! A não ser que queira mesmo ter testemunhas.

- As fotos da festa do seu aniversário. A não ser que tenha convidado todos os seus 589 amigos, vai haver com certeza quem se sinta magoado por não estar lá. É estúpido mas mesmo que nunca se tenham dado consigo vão ter pena. A humanidade é assim.

- Informações sobre o local onde trabalha. ‘O Savedra está aqui que não se cala com o Silva, já não os posso ouvir’ é compreensível do ponto de vista dos ouvidos mas não se esqueça de que, se puser alguma informação no Facebook, tem de estar preparado para que TODO o universo saiba, inclusive os habitantes do universo que não são seus amigos (os amigos têm amigos, e etc). Enfim, isto é senso comum…

- Informações sobre o banco onde tem a sua conta, mesmo que pareçam absolutamente inócuas. Os hackers não dormem.

- O que quer que seja que não quer que o mundo INTEIRO saiba.

E depois relaxe, divirta-se e partilhe. Está no maior recreio virtual. Bem aproveitado, o Facebook já provou ser um enorme potenciador de estados positvos e uma rede de apoio psicológico, contra os pessimistas que o acusavam de nos deprimir os dias...